Disfunção erétil: Escolha um médico de confiança

1

Escolha um profissional especializado que o deixe à vontade para abordar o assunto, pois a disfunção erétil tem tratamento.

Muitos homens escolhem o médico especializado em disfunção erétil baseados nas sugestões de amigos e familiares. Muitos acham que não vão se sentir à vontade para discutir seus problemas de ereção, mas os profissionais são treinados para deixar seus pacientes à vontade. Ao começar a busca por um médico, tente obter referências se o mesmo é experiente no tratamento de problemas de ereção. Se o seu médico acredita que o problema possa ser acarretado devido a um problema urinário, ela ou ele pode encaminhá-lo primeiro a um urologista para um exame completo.
Se você não tem um atendimento primário médico ou não se sente confortável para falar com o seu médico de família sobre seus problemas de ereção, peça referências de outras fontes. Hospitais e muitas clínicas se concentram em questões que podem apresentar soluções para a disfunção erétil. Além disso, se você conhece alguém que já visitou um médico especializado em impotência sexual, pergunte a essa pessoa uma referência.

Disfunção erétil: Escolha um médico de confiança

Disfunção Erétil: Escolha um médico especialistaVocê também pode consultar sua lista telefônica local e a Internet para encontrar um profissional apropriado. Muitas clínicas que prometem tratar problemas de ereção, nem sempre têm um médico especialista em disfunção erétil qualificado na equipe. Clínicas como estas são comumente anunciadas no rádio e na televisão, e podem ser enganadoras.
Por isso, veja se a organização é certificada e se o corpo clínico é realmente voltado aos problemas de impotência sexual. Além disso, não tenha medo de pedir para ver as credenciais do profissional e cuidado ao se submeter a determinados tratamentos em uma dessas instalações.
Uma vez que você tem algumas sugestões potenciais qualificadas, você está pronto para escolher o médico certo. Limite sua lista selecionando um profissional que você acha que vai se sentir à vontade para discutir seus problemas de ereção. Alguns homens acham difícil falar com uma médica sobre o assunto ou pode se sentir mais confortável falando com um médico mais velho.
Embora nem a idade nem sexo possa falar a respeito da experiência de um médico em uma especialidade particular, ao discutir questões sensíveis sobre sua saúde sexual, é importante que você escolha alguém com quem se sinta confortável para manter uma conversa franca. Em última análise, escolha o médico que você acredita ser o mais qualificado, experiente e com quem sinta que possa confiar para ajudá-lo a resolver seus problemas de ereção.

 Fonte: Plano de Saúde Segurar

  • Este assunto é um tabu para os homens ainda, muitos tem problemas mas não procuram ajuda de um especialista! Mas as dicas são boas!